Redator Freelancer: como começar e ganhar dinheiro escrevendo - Eduardo B Corrêa

Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Empreendedorismo

Redator Freelancer: como começar e ganhar dinheiro escrevendo

Eduardo Corrêa
Escrito por Eduardo Corrêa em 1 de dezembro de 2020
Redator Freelancer: como começar e ganhar dinheiro escrevendo
Junte-se a mais de 6 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o Mercado e a Profissão do Redator Freelancer.

Se você gosta de escrever e quer (ou precisa) ganhar dinheiro, eu tenho uma ótima notícia para você. O mercado para Redator Freelancer nunca esteve tão aquecido, apesar de ser uma atividade ainda pouco conhecida pela maioria das pessoas. 

Eu, por exemplo, ganho dinheiro escrevendo desde 2017, como Redator Freelancer e, mais recentemente, como Copywriter de infoprodutos. 

E os “jobs” de redação (é assim que chamam os trabalhos na área) aumentaram muito este ano, principalmente, por conta da pandemia.

Portanto, se você gosta de escrever, continue lendo esse artigo que eu vou mostrar como você pode se tornar Redator Freelancer e ganhar dinheiro escrevendo de forma profissional.

Quem é o Redator Freelancer

Basicamente, Redator Freelancer ou Redator Web é o profissional que escreve para Blogs de empresas. Sua habilidade em escrita também pode ser usada para posts em redes sociais, mas nesse artigo, vamos focar nos Blogs, ok?! 

E de onde surgiu essa nova profissão?

Pensa comigo: quando você quer procurar algum produto ou serviço, ou até mesmo um profissional específico, qual é a 1a coisa que você faz?

Pergunta pro Google, certo?! 

Você pesquisa por termos ou palavras relacionados ao problema que você quer resolver.

Aí o Google te mostra algumas opções de anúncios e depois links para sites e blogs orgânicos.

Para que esses links estejam aí na 1a página foi necessário texto preparado por um redator web com conhecimento técnico suficiente para ranquear o artigo nessa 1a página.

Percebeu a importância desse profissional para o mercado hoje? 

Por quê o mercado para Redator Web está tão aquecido

Como comentei antes, o mercado para Redator Freelancer aqueceu por conta da pandemia. Durante o ano de 2020, no período de crise, aconteceu uma corrida para a internet principalmente de negócios físicos que tiveram seus negócios prejudicados.

Os empreendedores e empresários perceberam que podiam usar a internet para vender seus produtos e serviços para milhares de pessoas, escalando seus resultados e, de alguma forma, se blindando contra potenciais imprevistos e problemas.

Mas, também perceberam que, para isso dar certo, a empresa precisa ser encontrada. 

E a melhor relação custo-benefício no médio e longo prazo para ter uma presença digital consolidada é ter um Blog com artigos bem trabalhados para ranquear no Google.

Para suprir essa necessidade é muito mais barato contratar um Redator Web Freelancer para escrever do que um profissional CLT, certo?!

O mais interessante é que dentro da carreira de Redator, você ainda pode escolher uma ou várias atividades. Você pode:

  • Escrever artigos para Blogs
  • Escrever posts para redes sociais
  • Ser Ghost Writer, escrevendo livros para outras pessoas
  • Realizar transcrição de vídeos e Lives
  • Criar material didático e de acompanhamento para aulas
  • Virar Copywriter

Neste vídeo, eu dou várias dicas como, por exemplo, o que você precisa fazer para começar, onde conseguir os primeiros trabalhos, entre outras coisas.

Como se tornar um Redator Freelancer

Agora chegamos na mensagem principal desse artigo, no que eu realmente quero te mostrar e que pode mudar sua vida profissional, assim como mudou a minha.

Se você gosta de escrever, pode ter uma renda extra ou até mesmo uma profissão como Redator Web. 

A barreira de entrada nesse mercado é muito pequena 

O que você precisa para começar:

Entender como funcionam os critérios do Google para ranquear artigos. Minimamente, você vai precisar fazer dois cursos:

Um de Marketing de Conteúdo para entender as estratégias de produção de conteúdo atualmente, utilizadas para divulgar produtos e serviços, e aprender sobre persona, linha editorial, estratégia de conteúdo, entre outras coisas.

Isso vai te ajudar a criar pautas interessantes e bem direcionadas para as pessoas certas.

Outro curso é o de SEO (Search Engine Optimization), um conjunto de técnicas que são usadas dentro dos textos para posicionar uma página nos primeiros resultados de mecanismos de busca online.

E, por fim, vai precisar treinar a escrita com esses novos conhecimentos. E, talvez precise fazer um curso específico de Redação ou Escrita Criativa. 

Mas dependendo do quanto você já escreve bem, talvez nem seja necessário no começo. Apenas os outros cursos que citei serão essenciais. 

Como usar a escrita para ganhar seguidores no Instagram

A pergunta que não quer calar: mas vou escrever sobre o que?

Essa é uma pergunta que, provavelmente, você deve estar se fazendo agora. No início, eu sugiro que você escreva sobre temas da sua própria área profissional, que já conhece bem ou tem experiência. 

Por exemplo, se você for um engenheiro civil, arquiteto, TI, pode se concentrar em temas dessas áreas.

Com o tempo, você vai aprender a escrever sobre qualquer nicho. Mas agora no começo, você vai se desenvolver mais rápido e conseguir os primeiros trabalhos mais facilmente escrevendo sobre o que já tem intimidade.

Um exercício prático para treinar sua escrita é escolher alguns temas – no mínimo 10 – que você goste e escrever textos sobre eles, usando as técnicas que aprendeu nos cursos que citei antes. 

Esses textos podem se tornar seu portfólio, que são exemplos do seu trabalho a serem mostrados para potenciais clientes. 

Depois de escritos, você pode armazená-los no Google Drive, no Behance, em um Blog próprio, ou em qualquer outra plataforma online. 

Onde conseguir os primeiros trabalhos como Redator Freelancer 

Outra pergunta que você deve estar se fazendo agora, certo?! 

Muita gente aconselha entrar nas plataformas especializadas em trabalhos freelancer como Workana e 99freela, por exemplo. 

Como você está começando, pode tentar, mas preciso dar um aviso sobre esses locais.

A escolha costuma ser feita por leilão de preço, ou seja, você faz uma oferta de valor para os trabalhos que aparecem e o potencial cliente vai avaliar e comparar seu preço com os dos outros profissionais.

E tudo bem, são as regras da plataforma. Só estou comentando para que você já fique sabendo que vai receber bem pouco pelo seu trabalho. Assim, não cria muitas expectativas.

Existem outras plataformas mais interessantes como a Rock Content e a Contentools. Essa última eu trabalhei alguns anos por lá e conheço bem…para mim é a melhor mas você precisa ser MEI para entrar. É um pre-requisito deles.

Outra possibilidade é entrar em grupos do Facebook específicos para Redatores. Sempre surgem trabalhos por lá, mas a concorrência é enorme e tem gente muito mais experiente que você. 

Quando colocam alguma oportunidade nesses grupos, em 10 minutos tem 30 pessoas se candidatando.

Minha sugestão: entre em grupos da sua área de expertise, crie conteúdos interessantes e divulgue seu trabalho nesses grupos. 

Liste as empresas da sua área que possuem Blog, localize no Linkedin os profissionais de Marketing ou do RH e ofereça seu trabalho. 

Assim, você pode conseguir projetos de médio e longo prazo que vão te trazer uma renda mensal. Ou no mínimo, vai ganhar experiência.

O melhor, neste início, é abrir todas as frentes que eu citei. Entre nas plataformas, nos grupos de redatores do Facebook e busque as empresas do seu segmento.

Assim, aumentam as chances de você começar rápido a ganhar algum dinheiro com seus textos.

Com o tempo, você vai conhecendo o mercado e percebendo os melhores caminhos para conseguir mais jobs.

Pronto para começar? 

Resolvi escrever esse texto porque acredito que existem muitas pessoas que amam escrever e desconhecem a carreira de Redator Freelancer.

Se você está desempregado, precisando pagar as contas, ou se está empregado é quer complementar sua renda, esta pode ser uma ótima oportunidade.

E se você quer fazer uma transição de carreira para trabalhar com algo que realmente ame e deseja ganhar dinheiro com sua paixão pela escrita, também é uma ótima oportunidade. 

Veja bem, não estou dizendo que será fácil, porque o começo em nenhuma atividade é tranquilo.

Existirão barreiras e dificuldades, mas, se você persistir, se dedicar e treinar, é perfeitamente possível ganhar um bom dinheiro escrevendo. 

E se precisar de ajuda ou ficar com alguma dúvida sobre qualquer coisa que eu coloquei no texto, me procura no Linkedin (aqui está meu perfil). Terei o maior prazer em te responder. 

Como usar a escrita para ganhar seguidores no Instagram

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *