7 Vantagens de ganhar dinheiro escrevendo como Redator Freelancer - Eduardo B Corrêa

Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

Empreendedorismo

7 Vantagens de ganhar dinheiro escrevendo como Redator Freelancer

Eduardo Corrêa
Escrito por Eduardo Corrêa em 9 de dezembro de 2020
7 Vantagens de ganhar dinheiro escrevendo como Redator Freelancer
Junte-se a mais de 6 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o Mercado e a Profissão do Redator Freelancer.

Se você está cansado da CLT, desempregado ou precisando complementar sua renda, ganhar dinheiro escrevendo pode ser uma ótima opção. Quando você adora escrever, a carreira de Redator Freelancer apresenta diversas vantagens que, talvez, você não encontre em outra área.

E essas vantagens abrangem tanto as atividades que são desenvolvidas, quanto os ganhos potenciais. E aqui não estou falando apenas dos ganhos financeiros, apesar deles também serem ótimos..

Portanto, está pensando em ganhar dinheiro escrevendo profissionalmente, mas não sabe se vale a pena, vai gostar desse artigo – e se ainda não tinha pensado, tenho certeza que vai começar agora. 

No texto eu falo sobre 7 vantagens incríveis que a carreira de Redator Freelancer possui e como esses benefícios podem influenciar sua decisão de começar a trabalhar nesse mercado que está bem aquecido.

Boa leitura

Ah, eu também gravei um vídeo com esse tema. Caso você prefira assistir, aqui está:

Vantagens de ganhar a vida escrevendo como Redator Freelancer

Existem diversas vantagens relacionadas a esse trabalho, onde você vai usar a escrita de forma profissional. Separei as sete, que, na minha opinião, são as mais importantes para você considerar, na hora de escolher a carreira de Redator Freelancer

Vamos a elas.

1 – Você trabalha de casa 

Mesmo que você queira apenas uma renda extra, para complementar seu salário atual, é uma comodidade poder trabalhar no conforto da sua casa. 

Na verdade, você pode trabalhar de qualquer lugar que tenha uma conexão com a internet para realizar as pesquisas necessárias. 

A questão aqui é o poder de escolha que você tem, de não precisar cumprir um horário fixo, saindo de casa pegando trânsito ou ônibus lotado todos os dias para ir trabalhar em algum lugar. Frequentemente, tendo que atravessar a cidade, perdendo horas do seu dia. 

2 – Tem flexibilidade de horários

Quando você ganha dinheiro escrevendo como Redator Freelancer, você faz o seu horário de trabalho. E isso traz outras vantagens bem interessantes.

Por exemplo, não sei se você sabe, mas nosso organismo possui determinados ciclos de energia, chamados de ciclos circadianos, que faz com que sejamos mais produtivos para determinadas atividades, em alguns horários do dia. 

Eu, por exemplo, escrevo muito melhor durante a manhã do que no resto do dia. Tem gente que prefere escrever à tarde, à noite ou até durante a madrugada. 

Pare por um momento, agora, e lembre da época da faculdade. Qual era o horário que você preferia estudar? Ou, atualmente, qual o horário você gosta mais de realizar determinadas atividades.

Quando você resolve ganhar dinheiro escrevendo profissionalmente, logo vai perceber o quanto essa lógica funciona com a escrita. Rapidamente, vai perceber que horas as ideias fluem melhor para o editor de texto.

E você pode escolher trabalhar nesses horários. Além de ganhar em produtividade, isso também vai impactar nos seus ganhos financeiros.

3 – Ganha dinheiro escrevendo sobre os temas que mais gosta

Ok, talvez essa vantagem não seja para quem está começando a ganhar dinheiro escrevendo profissionalmente. 

Ao dar seus primeiros passos como Redator Freelancer o ideal é pegar o que aparece para ganhar experiência, tornar seu nome conhecido e pagar os boletos. 

Mas, com o tempo, conforme você for evoluindo, pegando mais trabalhos e tendo uma renda mais regular, você poderá escolher os projetos com temas que mais gosta de escrever.

Inclusive, isso torna tudo mais fácil, porque costumam ser temas que você, naturalmente, se interessa, e já pesquisa informalmente sobre eles…

Quando isso ocorre, sua velocidade de escrita aumenta muito. Você consegue produzir textos, mesmo os maiores, com muito mais velocidade e qualidade. 

Mas, mesmo no começo, dá para você falar de temas que você gosta. É só escolher escrever sobre assuntos da sua profissão original, da sua carreira atual, ou de seus hobbies. 

É só uma questão de verificar se existe mercado para artigos com esses temas.

4 – É o seu próprio patrão

Você já sentiu vontade de demitir o próprio chefe porque ele é um pé no saco? Ou, se demitir desse emprego que você não aguenta mais? 

Se já pensou (ou está pensando) nisso, vai adorar essa vantagem.

Trabalhar para você mesmo significa não precisar mais dar satisfação para ninguém, nem viver triste e estressado porque a empresa não deixa você tocar seus os próprios projetos. 

Quando você precisa do salário isso é muito complicado, porque você se obriga a ficar ali naquele lugar, sofrendo, se estressando, muitas vezes trabalhando com quem você não gosta.

Por outro lado, se decidir ganhar dinheiro escrevendo como Redator Freelancer, você não precisará mais passar por isso.

Quem sabe, depois desse artigo você não se anima a planejar sua transição de carreira?!

Quando você trabalha para você mesmo, tudo é mais simples. 

Se, por acaso, aparecer um cliente chato – e ele vai aparecer, pode ter certeza – daqueles que depois do 1o artigo você não quer mais escrever para ele, não tem problema.

É só desfazer o contrato – de uma maneira que não queime seu filme, evidentemente. Porque você tem chance de encontrar novos e melhores clientes para trabalhar. 

Assim, você pode se concentrar em quem valoriza seu trabalho. Sabe aqueles clientes que dão um feedback construtivo sobre seus textos e que ajudam você a evoluir profissionalmente?! Eles existem. 

5 – Baixo investimento para começar

Comparado com a maioria das profissões, que necessitam de diploma, e você precisa fazer faculdade e se especializar, é muito mais fácil se tornar Redator Freelancer. 

Você precisa saber escrever bem e fazer alguns cursos básicos para começar. Vou colocar os links de alguns aqui, que eu fiz quando comecei e recomendo. 

Todos emitem certificados que você já pode colocar no seu currículo. E o melhor, são gratuitos. 

O que eu quero dizer é, que se você quer ganhar dinheiro escrevendo, a barreira de entrada no mercado para novos profissionais é muito pequena. 

Na verdade, o grande desafio está em captar projetos e clientes. E nenhum dos cursos ali em cima ensina isso. 

Portanto, aqui cabe uma capacitação também. 

Você nunca vendeu nada na vida, costuma ter dificuldade de se valorizar, e não sabe como vender seu peixe?

Essa é a hora de buscar alguns cursos de vendas, negociação e, talvez, até de autoconhecimento como o Coaching, por exemplo.

O Coaching ou uma terapia podem ajudar a remover bloqueios que você tenha em falar bem do seu trabalho ou de si mesmo como profissional, valorizando seu talento.

E isso é uma coisa que você terá que vencer para poder disputar os melhores projetos com outros redatores. 

6 – Tirar férias trabalhando

Aqui você pode fazer uma careta e pensar: Essa não parece uma vantagem…

Mas deixa eu te explicar.

Você pode planejar uma viagem de férias e separar algum tempo do dia para produzirm sem atrapalhar os passeios. 

Por exemplo, se você leva 2 horas para escrever um artigo de 1000 palavras e vai fazer uma viagem de 30 dias, serão 30 artigos escritos. 

Dependendo do quanto você cobrar, esses artigos até pagam sua viagem.

Continuando com nosso exemplo: se você cobrar R$ 50,00 por artigo, que é um preço médio para quem está começando, serão R$ 1500,00. 

Já paga muitas viagens de férias, certo?! 

É claro que você pode guardar a grana da viagem e não fazer nada…mas, se por qualquer motivo, você não consegue juntar dinheiro, essa é uma ótima solução para não ficar sem férias. 

Ou, então, você quer muito conhecer algum lugar, mas não tem condição financeira para viajar. 

Quando você ganha dinheiro escrevendo, você pode, simplesmente, comprar a passagem e “se mudar temporariamente” para o local. E ficar trabalhando lá, enquanto passeia. 

Afinal, como Redator Freelancer, você só precisa de uma boa conexão com a internet para enviar seu textos, lembra?! 

Inclusive, existem pessoas que transformaram essa vantagem em estilo de vida.

São os Nômades Digitais. 

Eles usam a vantagem de poder trabalhar de qualquer lugar com internet e percorrem o mundo, conhecendo vários países, enquanto trabalham. 

Portanto, se esse é o seu sonho, ganhar a vida escrevendo profissionalmente como  Redator Freelancer possibilita isso. 

7 – Viver da sua paixão pela escrita

Para mim essa é uma das mais importantes. Eu larguei meu último emprego para virar empreendedor porque não gostava mais do que eu fazia, nem da profissão que tinha – não sei se você sabe, mas eu era Meteorologista, pois é…

No fundo, eu queria trabalhar com algo que eu fosse apaixonado, que fizesse brilhar os olhos, que me fizesse levantar todos os dias motivado para fazer o que eu precisava fazer. 

Naquela época, em 2014, eu ainda não sabia que a escrita seria esse caminho. Mas eu sabia que precisava buscar isso.

E hoje que eu ganho dinheiro escrevendo, ou seja, que eu vivo da minha paixão pela escrita, não consigo mais trabalhar com algo que eu não tenha prazer. 

É claro que ainda faço atividades chatas. Não existe emprego ou trabalho perfeito. Mas as atividades que você realiza com prazer precisam ser, no mínimo, 70% do que você faz. 

Menos que isso, na minha opinião, beira o tanto faz. 

Tanto faz trabalhar com isso ou com outra coisa, entende?! 

E o tanto faz não faz você ser bom, nem ser valorizado.

Quando você trabalha com um talento ou uma habilidade que você desenvolveu e que gosta muito, é natural se dedicar mais a essa atividade. 

Você vai estudar e se esforçar para sempre aprender mais um pouco. Não vai se importar de trabalhar à noite ou nos finais de semana para alcançar seus objetivos.

Porque você adora o que faz. Pode até ser cansativo, mas não será um sacrifício ou uma tortura. 

E quando você tem esse grau de comprometimento, você fica bom, se destaca, e acaba ganhando mais dinheiro escrevendo como Redator Freelancer. 

Pronto para ganhar dinheiro escrevendo como Redator Freelancer?

Nesse artigo eu mostrei as sete vantagens incríveis de trabalhar com a sua paixão pela escrita. Mas, se eu pudesse resumir em uma frase seria: 

Quando você resolve ganhar dinheiro escrevendo como Redator Freelancer, é possível trabalhar de onde, como e com quem quiser. 

Isso se traduz em mais realização e retorno financeiro com seu trabalho, mais tempo para você e para curtir sua família. Mais qualidade de vida. 

É claro que nem tudo são flores e também existem desvantagens. Por exemplo, a falta de previsibilidade de trabalho e de renda, já que você não sabe se terá novos clientes no mês seguinte.

Mas essa desvantagem é remediada quando você pega contratos de médio e longo prazo, que têm uma produção fixa de textos todos os meses. 

É o melhor dos mundos e eu sugiro que você busque projetos assim.

Mas, tirando alguns pontos negativos – que toda profissão tem – na minha opinião os benefícios compensam de longe.

Percebe o quanto o seu sucesso profissional e o seu retorno financeiro como Redator Freelancer andam de mãos dadas com o seu prazer em escrever?! 

Por isso, quando alguém chega pra mim e pergunta se vale a pena ganhar dinheiro escrevendo como Redator Freelancer, eu respondo com outra pergunta:

Você gosta MUITO de escrever? Não é mais ou menos, é muito. 

Porque você vai fazer isso o dia todo ou a maior parte do dia. Precisa ter muito tesão pela escrita. 

Esse é o caminho do sucesso. 

Só para fechar o texto com uma frase bem clichê, mas que expressa perfeitamente o que eu quero mostrar aqui.

Bom, espero que esse artigo tenha ajudado a ampliar sua visão sobre essa atividade que eu adoro que é escrever profissionalmente.

A gente se vê no próximo texto. Até lá.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *